quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

potencial Hidrogeniônico - 32

32) Admita que café tem pH = 5,0 e o leite tem pH=6,0. Calcule a concentração de cátions hidrogênio [H1+], em mol/litro, em uma taça de café com leite que contém 100 mililitros de cada bebida.

Qual o significado do pH=5 do café e pH = 6 do leite, considerando concentração de cátions hidrogênio [H1+].

Usando a relação inversa do logaritmo temos.


Café: pH=5 => [H1+] = 10-pH mol/L = 1 .10-5 mol/L

Leite: pH=6 => [H1+] = 10-pH mol/L = 1 .10-6 mol/L


Leitura molar para o café: 1 .10-5 mol/L significa que em 1.000 mililitros (1 litro) de café temos 0,00001 mol de cátions hidrogênio [H1+], logo em 100 mL teremos dez vezes menos, ou seja 0,000001 mol.

Leitura molar para o leite: 1 .10-6 mol/L significa que em 1.000 mililitros (1 litro) de leite temos 0,000001 mol de cátions hidrogênio[H1+], logo em 100 mL teremos dez vezes menos, ou seja 0,0000001 mol.

Quantidade total, em mols, de cátions hidrogênio [H1+] dissolvidos em 200 mililitros ( 0,2L ) da mistura café com leite.

[H1+] = 0,000001 + 0,0000001 = 0,0000011 mol = 1,1.10-6 mol

Cálculo da concentração, em mol/L, de cátions hidrogênio.


Concentração = 1,1 . 10-6 mol / 0,2 L = 5,5 . 10-6 mol/L

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

GRUPOS DE ESTUDO DE QUÍMICA

AULAS PRESENCIAIS EM PORTO ALEGRE

VESTIBULARES E ENEM

MATRÍCULAS ABERTAS

HORÁRIOS!

Quartas-feiras às 08h ou às 14h,
Quintas-feiras às 16h:15
Sextas-feiras às 08h.

Plano 1: aula de 2h sendo, 1h:30 de aula normal e 
30 minutos para tirar dúvidas.

Matrícula: R$200,00 e parcelas de R$150,00.

Plano 2: aula de 2h, sendo 1h:30 de aula normal e 30 minutos 
para tirar dúvidas, mais um encontro quinzenal de aula 
particular individual de 30 minutos.

Matrícula: R$250,00 e parcelas de R$200,00.

Plano 3: aula de 2h, sendo 1h:30 de aula normal, 30 minutos para tirar dúvidas, mais um encontro semanal de aula particular individual de 30 minutos ou quinzenal de 50 minutos.

Matrícula: R$300,00 e parcelas de R$250,00.

POR QUE AULAS INDIVIDUAIS 
QUINZENAIS OU SEMANAIS.

1.    Resolução de dúvidas individualmente,
2.    Aprofundamento dos conteúdos apresentados nas turmas,
3.    Resolução de exercícios de alto grau de dificuldade,
4.    Exploração de temas mais básicos,
5.    Preparação para vestibulares selecionados pelo aluno,
6.    Simulados extras quando solicitado,
7.    Correção de provas anteriores de vestibulares e ENEM.

domingo, 4 de dezembro de 2016

potencial Hidrogeniônico (pH) - 31

31) O vibrião colérico não sobrevive em meio de pH=3, ou mais ácido. O número de gotas de uma solução 1,0mol/L de ácido clorídrico que se deve introduzir em 10 litros de água a fim de eliminar o vibrião colérico é:

Admita que não há alteração de volume e que o volume de uma gota é de 0,05mililitros.

Qual o significado do pH=3, considerando concentração de cátions hidrogênio.

Usando a relação inversa do logaritmo temos.

pH=3 => [H1+] = 10-pH mol/L = 10-3 mol/L

A concentração inicial do ácido clorídrico de 1mol por litro (1mol/L) deve passar para 0,001mol por litro (10-3 mol/L), ou seja teremos que diluir esta solução 1000vezes.

A diluição é um processo que adicionamos água a uma solução já existente, onde o volume da solução aumenta e sua concentração diminui na mesma proporção.

Se a concentração vai diminuir 1000 vezes devemos iniciar com um volume que aumente em 1000 vezes até um volume final de 10 litros ou 10.000 mililitros.

Observe que a milésima parte de 10.000 mililitros é igual a 10 mililitros.

Quantas gotas serão necessária para no final ter um volume igual a 10 mililitros.

1gota ............ 0,05mL
x gotas ......... 10mL

x = 200 gotas

potencial Hidrogeniônico (pH) - 30

30) Em uma solução de pH=4, um mol de cátions hidrogênio [H1+] esta contido em quantos litros de solução?


pH=4 => [H1+] = 10-pH mol/L = 10-4 mol/L

1 .10-4 mol .............. 1litro
1 mol ....................... x litros

x = 10.000 litros

potencial Hidrogeniônico (pH) - 29

29) Dada amostra de vinagre foi diluída com água obtendo-se uma solução de pH=3. Nessa solução as concentrações, em mol/litro, do ânions acetato [CH3COO1-] e do ácido acético [CH3COOH] são, respectivamente da ordem de:
Dado: constante de ionização do ácido acético igual a 2 . 10-5

O pH nos dará a concentração de cátions hidrogênio [H1+] que entra no cálculo da constante de ionização do ácido.

Lembrando que [H1+] = 10-pH mol/litro, relação tirada da função inversa do logaritmo e conforme a reação de ionização a proporção estequiométrica [CH3COO1-] . [H1+é de 1:1, logo a concentração dos íons é igual a 10-3 mol/L.

pH=3 => [H1+] = 10-pH mol/L = 10-3 mol/L

Ki = [CH3COO1-] . [H1+] / [CH3COOH]

2x10-5 = [10-3] . [10-3] / [CH3COOH]

[CH3COOH] = 5 10-2 mol/litro