quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

potencial Hidrogeniônico(pH) - 40

4,6 gramas de sódio metálico são tratados com água em excesso. Em seguida completa-se o volume com água destilada(água mais pura) até 2 litros. Calcular o potencial Hidrogeniônico da solução resultante, supondo-se a substância formada totalmente dissociada.

Os metais identificam substâncias básicas(alcalinas), logo o sódio metálico deve reagir com a água e formar uma substância básica, mais especificamente uma base.

1Na(s)  + 1H2O(l) => 1NaOH(aq) + 1/2 H2(g)

Pela reação podemos verificar que a solução resultante será alcalina, logo seu pH será maior que 7.

Para o cálculo do pH precisamos da concentração de cátions hidrogênio [H1+], em mol/litro, mas como a solução tem uma base dissolvida vamos calcular primeiro a concentração de ânions hidróxido [OH1-], em mol/litro.

Leitura molar da equação: 1 mol de sódio metálico (Na = 23gramas) reage com a água e produz 1 mol de hidróxido de sódio (NaOH), como é uma monobase a quantidade de ânions hidróxido [OH1-] na solução será igual a quantidade de hidróxido de sódio dissolvidos na solução.

23 gramas(Na)  ................... 1 mol (NaOH)
4,6 gramas (Na) .................  x mol (NaOH)

x = 0,2 mol de NaOH = [OH1-] estão dissolvidos em 2 litros de solução.

Concentração = [OH1-] = 0,2mol / 2L = 0,1 mol/litro = 10-1 mol/L

Substituindo no produto iônico da água(Kw) teremos, 

[OH1-] . [H1+] = 10-14

[10-1] . [H1+] = 10-14

[H1+] = 10-13 mol/litro

pH = - log [H1+] = - log 10-13

pH = 13


Nenhum comentário:

Postar um comentário